Pular para o conteúdo

Lise

Notícia de gente grande pra criança entender

  • Lise 
  • Mundo

Então aqui estou eu procrastinando alguma coisa que eu já esqueci o que é enquanto tou vendo vídeo no YouTube sobre… Die Queen. Mais especificamente, vídeos sobre como a imprensa britânica lidou com a notícia mais importante que eles anunciaram no século XXI. A BBC foi estoica, com o apresentador Huw Edwards dando um show de profissionalismo e autocontrole – sério, eu não sei como esse homem aguentou ancorar o jornal aquele dia. Mas o que me deixou mais impressionada foi um anúncio feito em um canal infantil.

Continue a ler »Notícia de gente grande pra criança entender

Alemães desejam a morte para a rainha, mas só pra quem não sabe alemão

Não pergunte o que significa die no alemão se você não tem um contexto específico, porque pode ser um artigo definido feminino nominativo singular, artigo definido nominativo plural, artigo definido feminino acusativo singular, artigo definido nominativo plural, pronome relativo feminino nominativo singular, pronome relativo nominativo plural, pronome relativo feminino acusativo singular, pronome relativo acusativo plural… e provavelmente esqueci de mais alguma coisa.

Aí a Der Spiegel vai e deixa todo mundo de cabelo em pé mesmo com contexto. Quer dizer, todo mundo que não fala alemão, claro.Continue a ler »Alemães desejam a morte para a rainha, mas só pra quem não sabe alemão

A síndrome do “escreve, escreve e apaga”

Eu já tentei começar alguns textos aqui neste blog nesses últimos dias e acabei apagando todos eles. Algo a ver com o “tom” do texto, a forma como eu comecei a escrever e o tema dos textos. Achei que ficou ruim, apaguei. De novo. escreve, escreve, achei que ficou ruim, apaguei. E de novo. Todos os textos tinham a ver com o que eu tava fazendo, não achei graça nenhuma como ficou.

E o que eu tava fazendo? Vendo a BBC porque a rainha da Inglaterra morreu.

Continue a ler »A síndrome do “escreve, escreve e apaga”

Países e idiomas

Cá em terras brasileiras falamos português, bem mais da metade do continente americano fala espanhol castelhano, tem um canto lá em cima onde se toma chá e se come croissant. Tem país com quatro idiomas oficiais, tem país que nem idioma oficial tem. Vamos embarcar um pouco na cauda de um cometa nessa torre de babel adorável que chamamos de planeta Terra.

Continue a ler »Países e idiomas

Curiosidade mórbida, crônica e doente

De vez em quando eu entro em alguns sites de notícias pra ver algumas das manchetes por puro tédio. O Twitter é suficiente pra manter todo mundo informado – às vezes até demais -, mas ir buscar na fonte de vez em quando não faz mal. Exceto quando faz. A palhaçada de hoje foi a “investigação” sobre a idade da Glória Maria.

Continue a ler »Curiosidade mórbida, crônica e doente

Pokémons no parque

Toda vez que eu saio no sol eu ganho uma cefaleia. Ou seja, eu ia sair de casa antes do almoço e ia voltar querendo jantar uma dipirona. Mas havia muitos pokémons a serem pegos, não dava pra ficar em casa. Então, bora pro Ibirapuera caçar bichinhos imaginários.

O spoiler é: peguei muitos pokémons e tô com dor de cabeça até agora.

Continue a ler »Pokémons no parque

Sonho e saudade

Hoje eu sonhei com o meu avô.

A título de contexto, meu avô materno, seu Alceu, faleceu há três anos. De todas as vezes em que meu coração se partiu, essa foi a mais dolorida e a mais duradoura. Eu sempre fui muito apegada a ele, e ele a mim, e me despedir dele foi uma das coisas mais difíceis que eu já tive que fazer na minha vida.

Continue a ler »Sonho e saudade

%d blogueiros gostam disto: